KaLuanda  
 
   
BRASIL, Nordeste, Ilhéus, Sapetinga, Mulher, de 36 a 45 anos, Portuguese, English, Informática e Internet, Esportes
MSN - tgraca@hotmail.com
border=0
 
   Arquivos

 
border=0
Outros sites

 EDUCAÇÃO
 SAUDE
 ESPORTE
 TURISMO
 INGLES
 MEIO AMBIENTE
 tropicais
 Blog Rita Loureiro
 VIDEOLOG Teresa Loureiro
 FOTOLOG Teresa Loureiro
 APPI Sindicato Professores Ilhéus
 KELBOLSAS
 COLEGIO SA PEREIRA
 NTE 05 - Núcleo Tecnologia educacional Itabuna
 Enciclopédia (Wikipedia)
 Webquest by Teresa Loureiro
 Blog Colégio Moysés Bohana
 WIKI1
 WIKI2
 FACE DIREC 06
 Youtube Teresa
 Multiply Teresa
 Erminda Guerreiro Ecologia


Votação
Dê uma nota para meu blog



border=0
 


Perdi o relógio...


Encontrei um calendário, não servia, ou servia?

mas pra que um relógio?

Passei a ver o tempo por dias, não mais por horas.

Terminou o ano, o calendário também.

O tempo seguia, inexorável como na musica de Cazuza,

pensei... só me resta a lua, comecei a medir o tempo pela lua...

Na cheia, alegria e fantasia,

na minguante, melancolia,

na crescente, certeza e euforia...

Na falta dela o Sol guia...


GM (Gerson Marques)

15 fev 2015



Escrito por teresaloureiro às 02h56
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]






De cajú em cajú...

Na floresta chovia, caju, manga e agonia,

chovia, chovia, chovia...

Aquele cheiro, cajá, meu corpo trucidado invadia, sufocava e até doía,

Na sombra do jequitibá, jequitibá não havia, nem jacarandá,

aquém alegria Negra tarde de carvão, chuva do céu descia, negra tarde de verão

Muita agonia, tive medo de perder nas águas todas as minhas fantasias,

Nestas horas, daria a vida, mas na enxorrada meus sonhos nágua lavaria...

GM (Gerson Marques)

15 fev 2014




Escrito por teresaloureiro às 16h37
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]






Gosto

Gosto

do teu sorriso

do teu beijo

do teu olhar

do teu gargalhar

da tua mão quente

do teu corpo ardente

Apenas gosto!


by Teresa Loureiro

Out.2013



Escrito por teresaloureiro às 00h12
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]






Fazes-me falta...



Escrito por teresaloureiro às 00h06
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]






Assim eu sou...



Escrito por teresaloureiro às 00h26
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]








Escrito por teresaloureiro às 02h46
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]






Soneto de Fidelidade



Escrito por teresaloureiro às 02h41
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]






HÁ MOMENTOS



Escrito por teresaloureiro às 09h21
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]








Escrito por teresaloureiro às 08h37
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]






Não me prendo a nada que me defina

 

‎"Não me prendo a nada que me defina. Sou companhia, mas posso ser solidão, pedra e coração. Sou abraços, sorrisos, ânimo, bom humor, preguiça e sono, música alta e silêncio. Serei o que você quiser, mas só quando eu quiser. Não me limito, não sou cruel comigo! Serei sempre apego pelo que vale a pena e desapego pelo que não quer valer. Suponho que me entender não é uma questão de inteligência e sim de sentir, de entrar em contato. Ou toca, ou não toca."
C. Lispector

Foto · 'Envoltos num turbilhão..', de Emília Duarte




Escrito por teresaloureiro às 11h55
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]








Escrito por teresaloureiro às 12h15
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]






ANDO REFLEXIVA...SUFOCADA TALVEZ!

... Ando em fase de realizações plenas. Em fase de auto-descobertas... Fase de um deslumbramento ímpar pela vida e pelas oportunidades que me são lançadas todos os dias. Meu potencial criativo me fortalece com estratégias que permitem que eu concretize todos os meus sonhos passo-a-passo. A paixão pelos meus planos abastece minha determinação diariamente. Sinto-me uma fonte de novas esperanças. Acredito ser uma privilegiada filha de Deus, presenteada com um forte pulsar que me adequa ao movimento dinâmico de minha vida. Tudo se transforma num instante e sendo terrena posso até oscilar, mas... "Repito por pura alegria de viver: a salvação é pelo risco, sem o qual a vida não vale a pena"

Clarice Lispector


E não sei porquê mas, esta música e letra de Zeca Baleiro,  fazem para mim, hoje, sentido com este texto de Clarice Lispector.

http://letras.terra.com.br/zeca-baleiro/64304/

 

 



Escrito por teresaloureiro às 22h43
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]






UMA VIDA

   UMA VIDA

Rodo a cabeça

Olho de soslaio

Queixo pousado no ombro

Tentando quantizar

Os que para trás ficaram

E se recusaram acompanhar-me.

Tantos criticaram,

Outros não me aceitaram,

Houve quem se deliciasse

Com cama, mesa e roupa lavada

E hoje, todos eles,

Os costados viram

À passagem do corpo velho e cansado.

Sinto o cheiro nauseabundo

Da amalgama entre hipocrisia e crueldade.

Olho decididamente em frente

Lutando contra as engrenagens

Deformadas ou já corroídas,

A passo de gastrópode,

Até atingir a desejada meta.

Perdoei e, sem rancores

Que gastam vitais energias

Anseio, lá para trás,

Alguém haja com a mesma vontade.

 
By Manuel Jorge Barqueiro
17-02-2012


Escrito por teresaloureiro às 22h02
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]






AMARRAS



Escrito por teresaloureiro às 16h29
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]






DEVANEIO...

Por aqui fazendo a "varredura" e limpeza do ano findo, escutando belas músicas, dei por mim refletindo!

Em quê?!?

No comportamento do ser humano! oh "bicho" que complica...

Porquê as pessoas nos encantam, entram facilmente em nossas vidas e, depois nos desencantam tremendamente?

Vai entender...

by Teresa Loureiro



Escrito por teresaloureiro às 19h17
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]






[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]
border=0